Gang do Limão
.

Este Fórum é dedicado a todos aqueles que gostam de motas e principalmente de convívio. Todos são bem vindos!!!

Para acesso TOTAL ao fórum tens de efectuar um registo.

Entra e diverte-te por cá !!!!


Gang do Limão

MotoGP: Pressão aumenta para as ''mil''

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

MotoGP: Pressão aumenta para as ''mil''

Mensagem por Triple em Seg 14 Dez 2009, 01:25


As
medidas que foram tomadas anteriormente com vista à redução de custos
na categoria rainha do motociclismo, como a redução nos tempos de
treinos e limitação das datas previstas para testes das equipas, não
surtiram o efeito desejado, sabendo-se agora que é necessário reduzir
ainda (muito) mais.

Conforme rumores que a MOTOCICLISMO já deu
conta desde a última corrida da temporada passada, em Valência, a DORNA
– empresa detentora dos direitos do MotoGP – e especialmente o seu
presidente, Carmelo Ezpeleta, estão a sofrer uma enorme pressão para
aceitar alterar a cilindrada para os 1000 cc na categoria de MotoGP.

Hoje,
sexta-feira 11 de Dezembro, realiza-se uma reunião na Suíça entre a
MSMA – Associação de Fabricantes, a DORNA, a IRTA – Associação
Internacional de Equipas de Competição, e, por fim, a FIM, o organismo
que tutela todas as competições de motociclismo a nível mundial. Esta
reunião pode chamar-se de “decisiva”, pois daqui poderá sair um
consenso entre todos os interessados.

A proposta que estará em
cima da mesa de negociações visa aumentar a cilindrada das motos de
MotoGP para os 1000 cc, com motores totalmente protótipos ou baseados
em motores de produção mas altamente modificados, o que reduziria
claramente os custos para equipas privadas e com menos meios ao seu
dispor.

Mas um acordo não será fácil de ser alcançado, pois para
além de Paolo Flammini – presidente da Infront Motorsports e do Mundial
de SBK, as próprias equipas já se mostraram contra esta medida no
início deste ano, conforme explica Hervé Poncharal, director da equipa
Yamaha Monster Tech3 e da IRTA.

“Seguir com as 1000 cc não
significará grandes reduções nos custos. No início deste ano os
fabricantes estavam contra essa ideia. Agora todos se apercebem que
algumas das equipas não conseguem reunir um orçamento, e não poupámos
quase nada com a redução nos tempos de treinos, nem com o aumento da
proibição dos testes. Precisamos de poupar significativamente mais, na
ordem dos 50%.”
avatar
Triple
Motard
Motard


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum